O Sangramento

Mais uma vez, como já é característica inseparável de sua personalidade, o grupo amarelo tenta prejudicar o Vasco administrativamente e, ainda pior, institucionalmente.

A tentativa de anulação das eleições, que terá novo recurso analisado, promoverá mais um capítulo triste para a história do Vasco caso seja acatado. Nada pode ser mais doloroso para uma instituição que o ataque aos seus processos de escolha de administração.

No momento em que se espera o trabalho e apoio ao clube, independente da visão e opinião que se tenha da atual diretoria administrativa, é que podemos ver com clareza aqueles que estão comprometidos com o sucesso do Vasco e aqueles que se apresentam ou para ganhar cargos ou por puro ego, sem pensar no bem do clube, que deveria ser sempre o objetivo principal.

O Grupo CASACA! faz oposição sim. Porém, uma oposição lúcida, sempre ajudando o Vasco de todas as formas.

Uma oposição que enxerga a oportunidade de reaver de forma triunfal o lado direito do Maracanã, levando a uma épica vitória, junto com sua torcida, delegando o Fluminense ao papel de vilão do futebol.

Oposição que preza pelos valores institucionais do Vasco, sem que se tire um centavo de seus cofres, sem ações contra o clube, colaborando sempre que possível, seja requisitado, seja de forma proativa. Essa é a marca do Grupo CASACA!

Só que esse traço de personalidade não é original nosso. Apenas fazemos exatamente como Eurico Miranda fez, mesmo quando não esteve à frente do clube. Eurico intercedeu com sua influência para abrir caminhos para o Vasco, obtenção de empréstimos, entre outras ações de apoio ao clube que muitas vezes não foram nem noticiadas.

Agora veja o mundo amarelo do faz de conta, que acena com aquele investimento milionário, mas que esconde o que o mecenas quer em troca. Perceba como se comportam contra a pacificação do clube, com ações para impedir que o Vasco siga sua vida, que já impõe inúmeras dificuldades por si só diante do mais que desafiador cenário financeiro.

Observe que nas ações contra o Vasco, que visam sangrar o clube financeiramente e institucionalmente, sempre tem uma mão amarela do outro lado. Uma sucessão de crimes que sangram a instituição. Desculpem a analogia infame, mas é justamente quem faz feder a política no clube e impede que se faça política de forma justa, sendo oposição à direção, mas nunca ao Vasco, como eles fazem.

Apesar do capítulo apreensivo a se contar nesta 4ª feira, dia 27/mar/19, temos a chance de dar uma lição aos que permanecem na fome de prejudicar o Vasco para benefício próprio.

Basta que nunca esqueçamos – Quem é amarelo, é sempre contra o Vasco.

Fábio Ferreira

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *