Caminhos

Muito se perguntou a respeito dos recentes acontecimentos internos do CASACA!. Houve quem se preocupasse, houve quem vibrasse. Faz parte da nossa trajetória de apoio ao que era “proibido apoiar”, com garra, disposição e, sim, prejuízos pessoais, mas dimensionados. Ou nem sempre.

Sobre tais acontecimentos internos, tenho dito que eles interessam pouco para fora. Ações, reações e comportamentos causaram incompatibilidades. E fim. Não há mais nada a dizer. Não há diferenças políticas significativas. Não há batalha.

Ocorre que, embora muitas vezes me tenha dado vontade de largar, volta e meia gosto de ter um espaço pra expressar opiniões a respeito do Vasco. Com a perda de um espaço, outro foi oferecido. E aqui vou me manifestando não mais para 5 mil, mas talvez para 5 pessoas. Pouco importa. 

O que prevalece é a paixão pelo Vasco. Ela se fez presente na final da Taça GB, quando, indignados com o estádio vazio, cutucamos, incentivamos e ajudamos diretamente a diretoria a se mover em favor da torcida do Vasco. 

Foi assim em defesa dos 160 membros da chapa Reconstruindo o Vasco, que sofreram acusações descabidas e que só poderiam ser provenientes de uma inicial doentia. O reparo está sendo feito. Se a vitória beneficia a atual administração, está-se diante de algo secundário. O beneficiado é o Vasco, que vive se esquivando de flechadas judiciais que oferecem instabilidades políticas corrosivas ao clube e suas possibilidades de parcerias.

Está sendo assim no apoio que também se está oferecendo na questão do Maracanã, outra arbitrariedade cometida contra o clube e a favor do mesmo de sempre. Uma espécie de golpe na calada da noite, que terá sua devida resposta na hora certa. Em breve o mundo poderá virar. Aliás, diga-se de passagem, o presidente tem se comportado bem nesta questão. 

Será assim em outros temas externos caros ao clube e, por isso, fundamentais para o futuro da Instituição. 

Foi e é assim como grupo que busca, desde o falecimento do Presidente do Conselho de Beneméritos, uma chapa de consenso para substituí-lo, para que evitemos mais discussões politicas fora de hora, especialmente dentro do Poder Moderador do clube. 

Além de tudo, acusados de xiitismo por quase 20 anos, de integrarmos uma “seita”, temos mostrado a diversas pessoas e grupos que funcionamos muito bem no diálogo, obrigado. É evidente que para sustentar a posição que mantivemos pela filosofia entendida por Eurico como a melhor, precisamos peitar. Quem é apedrejado e se abaixa, morre. Ficamos sempre de frente. 

A crença na filosofia é exatamente a mesma. Mas a expectativa de que a agressividade que vem de fora diminua, nos fez baixar algumas armas de calibre mais pesado. Assim, é verdade, temos conversado com muita gente, sem acordo algum porque nem é hora para isso. 

Feito este resumo, claro está que, em termos políticos, vamos buscar os consensos possíveis. As arestas existentes podem até ser aparadas – da nossa parte também, desde que isso não fira a nossa filosofia de vascainidade. 

Já em termos institucionais, com diversos erros e acertos que possamos ter cometido e ainda vir a cometer, este grupo, o Grupo CASACA, composto por 20 membros originais, que gentilmente me convidaram para seguir escrevendo por aqui, mantém seus compromissos intactos. A missão do Vasco, que teve em Eurico o seu arauto mais contundente, será defendida por nós, custe o que custar. De maneira diferente, porque pretendemos ser muitos, não apenas um. 

Para tal, contamos com algum afastamento do ódio para que permitam que nos façamos entender e procuremos entender, também, o que outros de boa fé desejam. Menos fígado, mais Vasco.

Abraço
João Carlos Nóbrega

Compartilhe isso:

Relacionado

Nota Oficial do Grupo CASACA!19 de março de 2019In “Nota”

O Sangramento26 de março de 2019In “Colunas”

Sobre a Matéria do O Globo/Extra2 de abril de 2019In “Nota”

Você pode gostar também

E Gru, o Malvado Favorito, Roubou a Lua

 12 de março de 20194

O Sangramento

 26 de março de 20190

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentário

Nome *

E-mail *

Site

Salvar meus dados neste navegador para a próxima vez que eu comentar.

 Notifique-me sobre novos comentários por e-mail.

 Notifique-me sobre novas publicações por e-mail.

Notícias

O choro não pode parar

Notícias

O choro não pode parar

 11 de março de 2019grupocasaca0

Em levantamento inédito, o globoesporte.com cita o Vasco como o segundo com mais pênaltis a favor em 2019. Tudo em

Compartilhe isso:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *