Conta de Chegar

Uma página chapa branca, com a intenção de fazer média com a turma da arquibancada, fez farofa arrastando a colher na parede. Publicou, em conta banal, que o Vasco recebeu de sócios anistiados até aqui cerca de 1,3 milhões de reais em mensalidades. Pode ser. Mas a premissa está errada.

O erro é, em primeiro lugar, desconsiderar o que os anistiados deixaram de pagar: suas taxas de adesão. Se formos grosseiros na conta primária feita pela chapa branca, chega-se ao valor de 1,5 milhões em débitos.

Há, porém, algo ainda mais injusto: pretensos sócios que não pagaram a taxa de adesão estão tendo tratamento privilegiado do clube perante sócios que ingressaram pagando-a.

Enquanto isso, permanece a sugestão: que a chapa vencedora, causadora de toda esta celeuma, chegue ao seguinte acordo: todos votam, basta que todos paguem a taxa de adesão à época: 2 mil reais. Ninguém pode dizer que não se tentou ajudar aqui do lado mau.

João Carlos Nóbrega

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *