Uma Virada Feminina


Muito mais do que eu, que habito o lado do mal no Vasco, a turma do lado do bem, também conhecida como chapa vencedora de 2017, convive com um enfurecimento doentio contra o atual presidente. Se eles, que são da mesma chapa, pensam assim, quem sou eu pra discordar.

Tive algumas conversas com o presidente. Sempre nos tratamos bem. Houve um momento, porém, decisivo. De minha parte, isso não será público. Mas foi decisivo para que eu partisse para atuar no campo da oposição quase solitária. Aspectos políticos que não valem o tamanho do Vasco. 

Contudo, apesar de enxergar na administração dele erros crassos e insuperáveis, não relevo acertos. O maior deles foi ter uma mulher eleita em sua chapa. 

Digam o que quiserem, em primeiro lugar a Dra Sônia Andrade é leal. E lealdade, entre homens e no meio vascaíno, é uma raridade de dar pena. Seriam mulheres muito mais leais do que homens?

Em segundo lugar, e mais importante ainda, a Dra Sônia é a porta de entrada para uma revolução em que estamos muito atrasados: é preciso mais alma feminina no Vasco. Espero que ela tenha sido a faísca de uma grande mudança. 

João Carlos Nóbrega 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *