Gelatina na Receita


Com todo o respeito que merece o Dr Mussa por nunca ter feito nada a favor do Vasco da Gama, a não ser, segundo um narrador na última reunião do CD, resolver o conflito árabe-judeu na Rua da Alfândega, as suas ações como presidente da Assembleia Geral são um desastre instiucional sem precedentes e passíveis de grave punição.

A despeito de ser declaradamente membro de um grupo político, o que depõe contra a sua pretensa isenção como coordenador de processos eleitorais, atua, agora, em benefício explícito de uma empresa que se pretende especialista em eleições virtuais sem os devidos cuidados técnicos, financeiros e minimamente éticos.

Indica o Dr Mussa à diretoria administrativa a empresa Eleja como atuante no processo eleitoral do Vasco a se realizar no próximo dia 7. Frise-se: não se sabe em que condições técnicas, econômicas e éticas.

Técnicas porque qualquer auditor meia boca entende que um processo eleitoral isento e não fraudável mereceria muitas horas antecipadas de trabalho árduo.

Econômicas porque o elementar que se espera é uma tomada de preços baseada em requisitos rasos estipulados pelo contratante.

Éticas porque o pretenso isento à frente da Assembleia Geral não pode determinar uma única empresa como responsável por algo sem consultar sequer concorrentes, a não ser aqueles com os quais simpatiza. Empresa esta que detém em seu currículo processos eleitorais sob suspeita, agente externo e alheio aos Poderes do clube.

O Conselho Deliberativo do Vasco foi convocado para a próxima terça-feira a fim de conhecer e deliberar sobre os tropeços cometidos pelo Dr Mussa. Comissão formada para apurar seus atos inconvenientes indica que este senhor deve ser suspenso por 6 meses.

Pessoalmente, acho pouco. Há quem diga que qualquer punição seria política. Na medida em que o presidente da AG só atua basicamente  em período eleitoral, não tem caráter político a punição àquele que só atua em tempos políticos. Portanto, se faz merda, faz merda política, não sendo a merda política atenuante de nada.

Recentemente, via redes sociais, tive um brevíssimo diálogo com o desembargador Werson Rego, também simpatizante por determinado grupo político. O mesmo do dr Mussa. Ele me ga-ran-tiu que se o CD do Vasco agir de forma equivocada, a Justiça do Rio de Janeiro reparará o erro. Fiquei aliviado. Posso votar pela punição do dr Mussa tranquilamente.

Abraço, em especial ao desembargador. 

João Carlos Nóbrega 

2 thoughts on “Gelatina na Receita

  • 24 de October de 2020 at 13:58
    Permalink

    Tendo o poder de voto , vote pela punição severa desse sujeito que insiste em brincar de Vasco . Eleição com voto impresso e presencial, doutra forma é fraude e manipulação do voto. Insistir nesse voto pela internet nos leva a procurar a justiça e impugnar a eleição por fraude.

    Reply
  • 26 de October de 2020 at 15:34
    Permalink

    Fuzarca na veia . Segura a onda presidente muviano , tu merece uma expulsão pela tentativa de armação.

    Reply

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *